Guangzhou promove diálogo doméstico sobre abertura e abordagens inovadoras para o desenvolvimento econômico

Guangzhou promove diálogo doméstico sobre abertura e abordagens inovadoras para o desenvolvimento econômico

PR Newswire

XANGAI, 28 de julho de 2017

XANGAI, 28 de julho de 2017 /PRNewswire/ -- A prefeitura municipal de Guangzhou realizou um fórum em Xangai na quinta-feira para discutir perspectivas abertas e abordagens inovadoras para o contínuo desenvolvimento econômico. Guangzhou e Xangai são cidades centrais importantes no país, que se transformaram em centros internacionais proeminentes, com as duas capitais representando as oportunidades de crescimento e desenvolvimento da China para empreendedores domésticos e corporações globais, igualmente. As duas regiões sediam muitas das 115 empresas chinesas listadas na Fortune 500 Global de 2017 e têm atraído a atenção de grandes corporações estrangeiras também. Participaram do evento autoridades governamentais, executivos de grandes empresas internacionais e o Editor-executivo da editoria Internacional da Time Inc. e copresidente do Fórum Global da Fortune (Fortune Global Forum), Clay Chandler.

Guangzhou é um importante centro comercial internacional contemporâneo e um hub de transportes moderno, representando uma das primeiras reformas e áreas abertas da China. Também foi classificada duas vezes como a principal "Cidade da Oportunidade" pela PricewaterhouseCoopers e pela Fundação de Pesquisa do Desenvolvimento da China. Em 2016, o volume total de vendas de produtos de Guangzhou atingiu mais de US$ 831,3 bilhões, com o total de importações e exportações atingindo US$ 129,7 bilhões. O ímpeto está apenas continuando. No primeiro trimestre de 2017, 508 empresas de investimento estrangeiro direto se estabeleceram em Guangzhou, gerando US$ 1,886 bilhão em uso real de capital estrangeiro.

Em 2016, o fluxo de passageiros domésticos e internacionais na região foi de 59,78 milhões de pessoas e a capacidade de movimentação de carga foi de 1,638 milhão de toneladas. Em 2017, Guangzhou irá acrescentar 15 rotas aéreas internacionais, passando de 149 para 164. Enquanto isso, Guangzhou continua a seguir uma estratégia focada em inovação como a força norteadora do desenvolvimento da cidade. Já existem mais de oito milhões de metros quadrados ocupados por incubadoras de ciência de high-tech e de empreendimentos tecnológicos na região, com mais de 120.000 empresas de tecnologia e inovação formando um núcleo poderoso para setores emergentes, como os da Internet, biofarmacêutico, novos materiais, robôs industriais, drones autônomos, impressão em 3D, etc.

O membro permanente do Comitê do CPC de Guangzhou e vice-diretor do Comitê Executivo do Fórum Global da Fortune de 2017, Cai Chaolin, faz palestra no fórum (PRNewsfoto/Guangzhou News Center)

Uma nova iniciativa entre a Província de Guangdong e as Regiões Administrativas Especiais (RAEs) de Hong Kong e Macau também objetiva aprofundar a colaboração entre as regiões e ajudar a apoiar a China em sua progressiva abertura para o mundo. A iniciativa "Grande Área da Baía" ("Greater Bay Area") se tornou um tópico primário da conversação entre acadêmicos e empreendedores das duas cidades. Ao comentar esse assunto, o membro permanente do Comitê do CPC de Guangzhou e diretor do Comitê Executivo do Fórum Global da Fortune de 2017, Cai Chaolin, disse: "A China está elaborando um plano de desenvolvimento para a Área da Baía (Bay Area) de Guangdong-Hong Kong-Macau, com o objetivo de transformar a Grande Área da Baía na quarta Área da Baía de classe mundial, após Nova York, São Francisco e a Baía de Tóquio. As três cidades centrais, Guangzhou, Shenzhen e Hong Kong, junto com Macau, irão trabalhar juntas para liderar algumas das regiões mais vibrantes economicamente do mundo, com o objetivo de formar uma aglomeração urbana de classe mundial, à medida que a China continua a desenvolver seu nível de cooperação econômica e competitividade globalmente. Esse aglomerado de cidades está trabalhando em níveis internacionais para fortalecer a inovação e o desenvolvimento. O potencial de crescimento futuro, as perspectivas científicas e tecnológicas e o panorama empresarial aqui são incríveis".

No topo da Grande Área da Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau está o Distrito de Desenvolvimento de Guangzhou, que é uma economia voltada para a exportação que se beneficia de muitas vantagens industriais da Área da Baía. Já na região, três conglomerados industriais foram estabelecidos, abarcando informação eletrônica, engenharia química e indústria automobilística, atingindo um valor de cerca de US$ 14,85 bilhões, com quatro outros conglomerados industriais -- das áreas de novos materiais, alimentação e bebidas, metalurgia e saúde biológica -- atingindo um valor de cerca de US$ 7,43 bilhões. Esse distrito responde por 40% do valor industrial e um terço da utilização de capital estrangeiro em Guangzhou e representa a zona básica para ajudar a estabelecer a cidade como um centro internacional de ciência e inovação tecnológica.

O Distrito de Desenvolvimento de Guangzhou está aperfeiçoando continuamente o ambiente para investimentos e promoção do comércio, além de fazer reformas em favor das empresas, a fim de criar uma atmosfera conveniente para investimentos, operações e desenvolvimento. Além de apoiar um setor de fabricação avançado, um setor de serviços moderno, uma economia de centro de operações e indústrias regionais de high-tech -- ou os quatro "Golden 10" -- o distrito também implementou diversas políticas de talentos globais e de proteção à propriedade intelectual.

A Zona de Livre Comércio de Nansha em Guangdong está exercendo um papel essencial ao ajudar a explorar o aprofundamento das colaborações em Guangdong, Hong Kong e Macau, especialmente em relação aos setores científico e tecnológico, aquisição de talentos e cooperação, inovação, etc. O ambiente empresarial em geral também tem experimentado crescimento e desenvolvimento subsequentes. Ao final de junho de 2017, o número de novos empreendimentos estabelecidos na Zona de Livre Comércio de Nansha aumentou em 30.221 empresas.

Com todo esse ímpeto positivo, Guangzhou foi selecionada como a cidade ideal para sediar o Fórum Global da Fortune de 2017, programado para o período de 6 a 8 de dezembro e que deverá reunir líderes mundiais e dirigentes de empresas globais para discutir o futuro da economia e o desenvolvimento econômico.

Foto - http://mma.prnewswire.com/media/540124/CaiChaoling_Speech.jpg

 

FONTE Guangzhou News Center

Voltar noticias em Português no Mundo