Lista LT1000: as 1.000 maiores empresas da América Latina em 2017

Lista LT1000: as 1.000 maiores empresas da América Latina em 2017

PR Newswire

MIAMI, 21 de agosto de 2017

MIAMI, 21 de agosto de 2017 /PRNewswire/ -- A lista LT1000 da Latin Trade, que classifica as 1.000 maiores empresas da América Latina, registra algumas mudanças importantes nas posições e no aumento da receita de algumas empresas.

Um dos muitos exemplos é a Pampa Energía, da Argentina, que subiu 114 posições desde a classificação do ano passado. Os resultados da empresa foram impulsionados, entre outros, pela sua aquisição, no segundo semestre de 2016, de uma participação adicional de 12 por cento na Petrobras Argentina, o que elevou sua participação total nessa empresa para 90 por cento.

Outras empresas que mostraram um excelente desempenho foram Bancolombia, Banco de Bogotá, Inversiones CMPC e BRF Brasil.

A lista LT1000 reúne todas as informações financeiras essenciais das empresas: total de ativos, EBITDA (lucros antes dos juros, impostos, depreciações e amortizações), receitas, lucro bruto e lucro líquido (se disponível) e as compara com dados do ano anterior. Os setores cobertos pela lista são:

Finanças e Seguros
Petróleo e Gás
Mineração
Telecomunicações
Fundos
Eletricidade
Alimentos e Bebidas
Mineração de não-metálicos 
Agricultura e Pesca 
Setor Químico 
Software e Dados
Veículos e Peças 
Transporte
Construção
e muito mais…

Para ver e baixar o documento completo, visite: LT1000 2017

Sobre a Latin Trade

A Latin Trade é líder no fornecimento de informações e serviços empresariais para as empresas que atuam na América Latina. Publica conteúdo premiado em espanhol e inglês para distribuição em toda a América Latina, Caribe e Estados Unidos através de meios impressos e online. A Latin Trade publica a revista Latin Trade e Latintrade.com. 

Contato para a mídia:  
David Buchanan
dbuchanan@latintrade.com  

 

View original content:http://www.prnewswire.com/news-releases/lista-lt1000-as-1000-maiores-empresas-da-america-latina-em-2017-300507059.html

FONTE Latin Trade

Voltar noticias em Português no Mundo