Kalinga Institute of Social Sciences (KISS) declarado Universidade

Kalinga Institute of Social Sciences (KISS) declarado Universidade

Primeira Universidade Tribal do Mundo

PR Newswire

BHUBANESWAR, Índia, 29 de agosto de 2017

BHUBANESWAR, Índia, 29 de agosto de 2017 /PRNewswire/ --Kalinga Institute of Social Sciences (KISS), associado com o Kalinga Institute of Industrial Technology (KIIT), recebeu o status de Universidade pelo Ministério do Desenvolvimento de Recursos Humanos, Governo da Índia, através da carta No. F.9-14/2011-U-3 (A) datada de 25/08/2017. Tornou-se a primeira universidade tribal na Índia e no mundo. Embora a Universidade Tribal Nacional Indira Gandhi tenha sido estabelecida antes, ela aceita estudantes de todas as categorias. Por outro lado, a Universidade KISS é exclusivamente para estudantes tribais.

Sobre o KISS:https://www.youtube.com/watch?v=F2OKrbupDtA.

O KISS, com sede em Bhubaneswar, Índia, foi declarado Universidade sob categoria De-novo. A Universidade apresentará sete novos departamentos inovadores na primeira fase para dar impulso à pesquisa sobre estudos tribais e ajudar a Universidade KISS a alcançar um lugar de proeminência na educação e pesquisa tribal no mundo todo; o status de Universidade foi concedido com essa esperança. Como antes, os alunos da Universidade KISS terão moradia absolutamente gratuita.

Expressando sua satisfação, o Dr. Achyuta Samanta, fundador da Universidade KISS, disse: "Isso se tornou possível devido às bênçãos do Todo-Poderoso e à boa vontade do povo de Odisha". O Dr. Samanta, em nome da KISS, expressou sua sincera gratidão ao primeiro-ministro da Índia, Shri Narendra Modi. Expressando sua gratidão a Shri Naveen Patnaik, Honorável Ministro-Chefe de Odisha, Shri Samanta disse que sem suas bênçãos e boa vontade, a KISS não poderia ter escalado tais alturas.

Ele expressou sua gratidão pessoal ao Ministro do Desenvolvimento de Recursos Humanos da União, Shri Prakash Javadekar, que fez história ao aprovar a concessão do status de Universidade à KISS. Também agradeceu os funcionários do Ministério de Recursos Humanos, o Governo da Índia e a Comissão de Concessão Universitária pela aprovação. Agradeceu os dois ministros da União de Odisha - Shri Jual Oram, Ministro de Assuntos Tribais e Shri Dharmendra Pradhan, Ministro do Petróleo por sua ajuda e boa vontade. O Dr. Samanta também agradeceu a mídia local, nacional e internacional pelo apoio.

A Universidade KISS será a primeira universidade no mundo exclusivamente para estudantes e estudos tribais, totalmente gratuita e com residência universitária para todos. O Kalinga Institute of Social Sciences (KISS) foi fundado pelo Prof. Achyuta Samanta em 1992-93 em um edifício alugado em Bhubaneswar com apenas 125 estudantes tribais pobres. Passou por um crescimento importante com o aumento gradual da força estudantil. Atualmente, o número de estudantes do KISS atingiu 37 mil (27 mil alunos atuais e 10 mil graduados). Sessenta por cento deles são do sexo feminino.

Além da educação formal do nível Classe I até pós-graduação, uma ampla variedade de habilidades vocacionais é transmitida aos alunos. Além de implementar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas no verdadeiro sentido, o KISS conseguiu provocar as mudanças sociais necessárias nas terras tribais de Odisha e seus estados vizinhos, restringindo a propagação da insurgência maoísta e naxalita. O KISS, através de seus 37 mil alunos vindos de muitas famílias em diferentes aldeias de todo o estado, está realmente transformando a mentalidade tribal e ajudando-os a se juntar à sociedade dominante.

Houve uma onda de alegria entre os alunos do KISS quando receberam a notícia. Os pais dos cerca de 37 mil alunos do instituto e a comunidade tribal ficaram muito felizes com a conquista.

Contato com a imprensa:
Shradhanjali Nayak
Diretor de RP
KIIT e KISS
Telefone no: +91-674-2725636
E-mail: shradhanjali@kiit.ac.in 

 

View original content:http://www.prnewswire.com/news-releases/kalinga-institute-of-social-sciences-kiss-declarado-universidade-300510421.html

FONTE KIIT

Voltar noticias em Português no Mundo