Hajj de 2017 chega ao fim

Hajj de 2017 chega ao fim

Mais de 2,35 milhões de peregrinos foram ao Hajj deste ano, cumprindo seu dever religioso em paz e unidade em Meca, a mais santa cidade do islamismo.

PR Newswire

MECA, Arábia Saudita, 5 de setembro de 2017

MECA, Arábia Saudita, 5 de setembro de 2017 /PRNewswire/ -- A Arábia Saudita recebeu o mundo para a peregrinação de cinco dias, um dos cinco pilares do islamismo, com os peregrinos de dezenas de países se reunindo no que muitos consideram o ponto alto de suas vidas espirituais.

(Foto: http://mma.prnewswire.com/media/551751/Hajj_2017_Pilgrims.jpg )
(Foto: http://mma.prnewswire.com/media/551752/Hajj_2017_holy_pilgrimage.jpg )

No todo, 2.352.122 peregrinos viajaram para Meca para o Hajj deste ano, dos quais 1,75 milhão vieram de fora do Reino. Um pouco mais de 1 milhão de peregrinos vieram da Ásia e quase 400.000 vieram de países não pertencentes ao Conselho de Cooperação do Golfo (CCG). Cerca de 200.000 vieram de países africanos. Quase 100.000 peregrinos vieram de países europeus, enquanto cerca de 25.000 peregrinos vieram dos Estados Unidos e da Austrália. Quase 33.000 vieram de países do CCG.

"Receber peregrinos de todo o mundo é uma honra e um dever da Arábia Saudita, sob os auspícios e direção direta do Guardião das Duas Mesquitas Sagradas, o rei Salman bin Abdulaziz e do príncipe herdeiro Mohammad bin Salman. Fazemos todos os esforços e não poupamos despesas para assegurar que os peregrinos tenham um Hajj pacífico e gratificante", disse o ministro da Cultura e da Informação, dr. Awwad Alawwad.

"Seja fornecendo hospedagem em Mina, colocando recursos humanos nas instituições de saúde ou fornecendo aos peregrinos pulseiras para informações úteis, fazemos tudo o que podemos para cuidar daqueles que viajam para Meca. Nossos esforços para melhorar a experiência são constantes e contínuos", acrescentou o dr. Alawwad.

A logística de Hajj 

Como sempre, a criação de uma cidade temporária para acomodar mais de dois milhões de pessoas significa que a Arábia Saudita teve, mais de uma vez, de fazer esforços extraordinários para proteger a saúde, a segurança e o bem-estar dos peregrinos.

Havia 15 centros médicos em Meca e nas proximidades dos locais sagrados, com mais de 30.000 profissionais de saúde treinados. Durante o curso do Hajj, os médicos realizaram mais de 2.600 procedimentos cirúrgicos gratuitos e quase 60.000 peregrinos recebam alguma forma de tratamento médico.

Dos estrangeiros que viajaram para a Arábia Saudita para o Hajj, mais de 1,6 milhão vieram de avião, sendo que a maioria desembarcou em Jidá e Medina, onde os aeroportos têm terminais especiais, dedicados exclusivamente a cuidar dos peregrinos do Hajj.

Essas instalações, construídas e pagas pela Arábia Saudita, representam apenas um exemplo dos frutos das dezenas de bilhões de dólares que a Arábia Saudita investiu, desde os anos 50, para melhorar e aumentar o acesso a Meca, a manutenção da Grande Mesquita e a própria experiência do Hajj.

Como sempre, um centro de interesse do Hajj foi Mina, a vasta cidade tenda onde os peregrinos ficaram em tendas com ar condicionado, construídas com materiais resistentes ao fogo. Na cidade tenda, os peregrinos foram agrupados por nacionalidade.

É claro que um enorme empreendimento como o Hajj pode, algumas vezes, ser intimidante e confuso para os peregrinos e foi por isso que, em 2017, pelo segundo ano consecutivo, os peregrinos receberam pulseiras individuais com identificação eletrônica.

Cada pulseira continha informações pessoais do peregrino e sobre quaisquer necessidades médicas especiais que pudessem ter. Os dispositivos, que são resistentes à água e contêm dados de GPS, também foram usados para fornecer aos peregrinos informações atualizadas sobre programação de orações e outras informações relacionadas ao Hajj.

As pulseiras também podiam ser usadas para conectar os peregrinos com um centro de atendimento multilíngue, através do qual outras informações, mais detalhadas, podiam ser pedidas e respondidas.

A utilidade da pulseira foi aumentada por atualizações regulares sobre o Hajj, enviadas por texto pelos organizadores do Hajj aos dispositivos móveis dos peregrinos. Todas as informações também foram colocadas em dois websites dedicados ao Hajj de 2017: SaudiWelcomesTheWorld.org e Hajj2017.org.

A lista a seguir é um exemplo representativo dos recursos que as autoridades sauditas empregaram para assegurar uma temporada segura e tranquila do Hajj:

O espírito de Hajj 

Hajj, é claro, significa mais do que números brutos. Cada peregrino tem sua própria experiência profundamente pessoal. E os peregrinos trazem sua própria perspectiva única para o cumprimento de um dever religioso.

Ibu Mariah Marghani Muhammad, com 104 anos, estava entre os peregrinos mais velhos. Ela foi da Indonésia para Jidá em 26 de agosto e, mais tarde na semana, ela disse em Meca que sua jornada de peregrinação foi uma "experiência que jamais esquecerei".

Um jovem peregrino, também da Indonésia, Mochammad Kahmim Setiawan, viajou 9.000 km a pé, em uma "aventura espiritual" de um ano, antes de chegar ao Hajj deste ano.

Essas são apenas algumas das milhares e milhares de histórias pessoais que ilustram a importância do Hajj para os muçulmanos de todo o mundo.

O espírito de Hajj talvez foi mais bem capturado pelo clérigo saudita sênior Sheikh Saad Al Shathri em um sermão feito em 31 de agosto, no Monte Arafat. Ele disse que uma das principais intenções do Hajj é "cultivar a benevolência nos corações das pessoas. Esse não é um lugar para palavras de ordem partidárias ou movimentos sectários".

Conforme os peregrinos começaram a voltar a seus países de origem, a Arábia Saudita já começa a fazer planos para o Hajj do próximo ano. O trabalho de organizar e promover o maior evento anual do mundo nunca para.

Contato com a imprensa 

The Center for International Communication (CIC -- Centro para Comunicação Internacional), Ministério da Cultura e da Informação do Reino da Arábia Saudita, telefone +966-53-839-3535, e-mail cic@moci.gov.sa, Twitter @CICSaudi.

View original content:http://www.prnewswire.com/news-releases/hajj-de-2017-chega-ao-fim-300513877.html

FONTE Ministry of Culture and Information, Kingdom of Saudi Arabia

Voltar noticias em Português no Mundo