ofo, maior empresa de compartilhamento de bicicletas sem estações do mundo se expande nos Estados Unidos

ofo, maior empresa de compartilhamento de bicicletas sem estações do mundo se expande nos Estados Unidos

Após lançamentos em Seattle e Massachusetts, a maior empresa de compartilhamento de bicicletas sem estações do mundo é inaugurada em Washington D.C.

PR Newswire

WASHINGTON, 10 de outubro de 2017

WASHINGTON, 10 de outubro de 2017 /PRNewswire/ -- A ofo, maior empresa de compartilhamento de bicicleta sem estações do mundo, anuncia hoje seu lançamento em Washington, D.C.

Modelo mais moderno de bicicleta da ofo retratado em Washington, D.C.

"Temos visto um grande envolvimento com nossas bicicletas nos EUA até o momento, e estamos empolgados em trazer a ofo para Washington, D.C.", declarou Dai Wei, fundador e CEO. "Ao continuarmos expandindo para novas regiões, cada vez mais cidades demonstram grande interesse na ofo devido à sua conveniência, impacto ambiental positivo e benefícios à saúde. Ansiamos por trazer em breve a ofo a mais cidades dos EUA."

A ofo vai implementar 400 de suas bicicletas amarelas brilhantes no decorrer de sua primeira semana. De acordo com a política piloto da cidade, as bicicletas da ofo estarão transitando em cada local, incluindo áreas com bastante trânsito como Foggy Bottom, Farragut Square, Dupont Circle, Chinatown e Union Station. Os usuários podem baixar o app da ofo para encontrar as bicicletas nas proximidades e escanear o código QR localizado no quadro ou no smart lock (cadeado inteligente) para destravá-la. Quando for concluída uma viagem, os usuários serão cobrados uma taxa de US$ 1,00 por cada hora percorrida.

As corridas pela cidade são gratuitas até 22 de outubro, com promoções adicionais acontecendo ao longo dos próximos meses. Assim como em todas as outras cidades onde opera, a ofo terá manutenção local, real e pessoal de administração para auxiliar com estacionamento e reparos de bicicletas.

"Washington, D.C. é uma grande candidata para o compartilhamento de bicicletas sem estações", declarou Grace Lin, vice-presidente da ofo dos EUA. "Estamos contentes em aprimorar as opções de transporte e acesso para o grande número de residentes, pessoas que se deslocam de casa para o trabalho e visitantes que preferem não depender, ou não dependem, de dirigir, de táxis ou de transportes públicos para chegar onde precisam."

Fundada em 2014, a ofo é pioneira no conceito de compartilhamento de bicicletas sem estações. Atualmente, ela opera em mais de 180 cidades de 15 países e gera mais de 25 milhões de transações diárias. Washington, D.C. marca a quarta cidade oficial da ofo nos Estados Unidos, além de Seattle, Washington; Worcester, Massachusetts; e Revere, Massachusetts. A ofo inaugurará em Aurora, Colorado, bem como em cidades adicionais de Massachusetts ainda neste mês.

SOBRE A OFO

Fundada em 2014, a ofo é a primeira e maior plataforma de compartilhamento de bicicletas sem estações do mundo. A ofo foi criada para compartilhamento e objetiva liberar todos os cantos do mundo ao tornar o uso da bicicleta acessível a todos. Até hoje, a ofo conectou mais de 10 milhões de bicicletas, em mais de 180 cidades, em sete países, gerou mais de 25 milhões de transações diárias e forneceu a mais de 200 milhões de usuários globais 4 bilhões de usos eficientes, convenientes e ecológicos de bicicletas. A ofo fez uma parceria em abril com o Programa de Desenvolvimento da ONU em apoio aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e outra parceria com a Fundação Clara Lionel de Rihanna em agosto, nas qual a ofo doa bicicletas a alunas em Malawi que precisam de um meio seguro para chegar à escola. Para saber mais, acesse www.ofo.com.

CONTATOS COM A IMPRENSA

Contato nos EUA

Hannah Buzicky
Celular: (212) 819-4879
E-mail: media@ofo.com 

Sede mundial

Angela Cai
Celular: +86 138 1063 8166
E-mail: caimuyuan@ofo.com 

Hilary Shi
Celular: +86 136 9336 7685
E-mail: shiyingchang@ofo.com 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/570468/ofo_Bike.jpg
Logo - https://mma.prnewswire.com/media/570467/ofo_new_logo_500.jpg

 

 (PRNewsfoto/ofo)

FONTE ofo

Voltar noticias em Português no Mundo