AZTherapies, Inc. nomeia Karen Reeves, MD, presidente e CMO (chief medical officer)

AZTherapies, Inc. nomeia Karen Reeves, MD, presidente e CMO (chief medical officer)

PR Newswire

BOSTON, 1 de novembro de 2017

BOSTON, 1 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- Ex-executiva da Pfizer ingressa na AZTherapies, focada na doença de Alzheimer, acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico e outras doenças neurológicas, criando novos tratamentos para neurodegeneração e neuroinflamação.

A AZTherapies, Inc. é uma empresa farmacêutica privada de estágio clínico avançado, sediada em Boston, Massachusetts, que está desenvolvendo tratamentos revolucionários para a doença de Alzheimer, AVC isquêmico e outras doenças neurológicas associadas à neurodegeneração e neuroinflamação. O principal candidato a produto, uma combinação de tratamento terapêutico de dois medicamentos criados por reengenharia, o ALZT-OP1, está sendo avaliado em um estudo clínico de Fase 3 da Alzheimer Precoce, o estudo COGNITE.

"Com muita satisfação, damos as boas-vindas à Dra. Karen Reeves à AZTherapies como presidente e CMO (chief medical officer)", disse o fundador, chairman e CEO da AZTherapies, Dr. David Elmaleh. "A Dra. Karen Reeves traz uma enorme experiência de mais de 20 anos em grandes laboratórios farmacêuticos e mais ajuda para o desenvolvimento clínico, desenvolvimento de negócios e expertise administrativa à talentosa equipe de administração da AZTherapies. Estamos muito satisfeitos por termos a liderança da Dra. Karen Reeves, conforme vamos em frente com nossos candidatos a produtos avançados".

A Dra. Karen Reeves ingressa na AZTherapies com mais de 20 anos de experiência em desenvolvimento de medicamentos das Fases 1 a 4, em múltiplas áreas terapêuticas, incluindo neurociência, oncologia, imunologia e saúde da mulher. Mais recentemente, a Dra. Karen Reeves ocupou o cargo de vice-presidente e diretora global de Qualidade e Inovação de Submissões Clínicas, Pesquisa e Desenvolvimento Mundiais da Pfizer, Inc. Na Pfizer, a Dr. Karen Reeves ocupou vários cargos de liderança em Pesquisa e Desenvolvimento Mundial e Regulamentação e Segurança Mundial, incluindo o cargo de vice-presidente de Desenvolvimento Clínico da Neurociência. A Dra. Karen Reeves exerce uma liderança comprovada em programas globais de desenvolvimento e aprovações de medicamentos bem-sucedidos, incluindo três medicamentos comercializados em neurociência. Sob sua liderança direta, o Chantix recebeu Análise Prioritária da FDA e ganhou o Prêmio Prix Galien na categoria Melhor Produto Farmacêutico, considerado o mais alto louvor na Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos Farmacêuticos e foi aprovado em mais de 80 países. A Dra. Karen Reeves tem uma ampla experiência em neurologia e psiquiatria, tanto como desenvolvedora clínica de medicamentos quanto em desenvolvimento de negócios. Antes de seu mais recente cargo na Pfizer, a Dra. Karen Reeves foi diretora de Ciência Médica Global na Astellas (Tokyo) Pharma Global Development, baseada nos EUA e na Holanda. A Dra. Karen Reeves se formou pela Universidade de Yale e fez doutorado na Escola de Medicina da Universidade de Vermont, além de ocupar cargos no corpo docente da Escola de Medicina de Harvard e na Escola de Medicina de Tufts.

"Estou satisfeita e honrada por poder integrar a administração sênior da AZTherapies nesse momento muito importante", disse a Dra. Karen Reeves. "A doença de Alzheimer e o AVC são doenças neurológicas devastadoras e dolorosas para os pacientes e suas famílias, que precisam de formas mais novas e melhores de tratamento. O estudo COGNITE do estágio inicial da doença de Alzheimer está inscrevendo pacientes globalmente, no momento, e já escolheu aleatoriamente mais de 280 pacientes. A terapia de combinação da AZTherapies tem o potencial de lidar com vários mecanismos associados com as placas amiloides, neurodegeneração e neuroinflamação que podem, potencialmente, refrear a morte neural e a neuroinflamação, garantindo melhores resultados para os pacientes com doença de Alzheimer e outras doenças neurológicas".

"O tratamento da doença de Alzheimer em estágio inicial da AZTherapies visa prevenir a oligomerização do peptídeo amiloide e a formação de placas e atenuar a resposta neuroinflamatória, as duas acionadoras da progressão da doença de Alzheimer. Desacelerar esses dois processos, que constituem a principal hipótese científica no momento, é o Santo Graal para a modificação da doença", disse o presidente do Conselho Consultivo Científico da AZTherapies, Dr. Rudolph Tanzi, professor de neurologia da Escola de Medicina Joseph. P. and Rose F. Kennedy da Universidade de Harvard, vice-presidente de Neurologia, diretor da Unidade de Genética e Pesquisa do Envelhecimento do Hospital Geral de Massachusetts.

"A deficiência cognitiva e comportamental após um AVC é, infelizmente, muito comum e, frequentemente, mais incapacitante do que a paralisia derivada do AVC. As opções de tratamento são gravemente limitadas e nenhum estudo tentou, anteriormente, tal intervenção precoce para evitar esse resultado", acrescentou o Dr. Scott Kasner, em relação ao estudo planejado do AVC da AZTherapies. O Dr. Kasner é diretor do Centro Abrangente do AVC, eminente professor do Sadri-Vakili, Ghazaleh, professor de Medicina de Emergência da Escola de Medicina Perelman da Universidade da Pensilvânia.

"O uso pela AZTherapies de escalas de cognição e função e de biomarcadores cerebrais que estão relacionados à patologia do cérebro aumenta a precisão do diagnóstico da doença de Alzheimer precoce e a homogeneidade de sujeitos randomizados para o estudo COGNITE", disse o Dr. Peter Conti, professor de radiologia, diretor do Centro de Geração de Imagens Moleculares da Escola de Medicina de Keck da Universidade do Sul da Califórnia e membro do Conselho de Diretores da AZTherapies. O Dr. Conti é um especialista-chave em neuroanatomia e diagnóstico da doença de Alzheimer precoce.

Sobre a AZTherapies, Inc.:

A AZTherapies (www.aztherapies.com) é uma empresa de desenvolvimento de medicamentos em estágio clínico avançado, com sede em Boston, Massachusetts. A AZTherapies está inovando a descoberta, desenvolvimento e comercialização de novos tratamentos para a doença de Alzheimer e acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico, o que pode fundamentalmente melhorar o tratamento, a qualidade de vida e o controle da doença do paciente. O principal programa da empresa, o ALZT-OP1, é uma terapia de combinação composta de dois medicamentos criados por reengenharia, com perfis bem conhecidos e com propriedade intelectual protegendo a combinação de medicamentos, dosagem, fórmula e propriedades do medicamento que irão levar o medicamento ao sangue e ao cérebro. A plataforma da empresa também inclui o ALZT-OP2, um potencial tratamento medicamentoso da Alzheimer modificador da doença, em desenvolvimento pré-clínico avançado, o AZHALER-D, um novo inalador descartável de dose única em fase avançada de desenvolvimento, e o ALZT-QoL, um tratamento medicamentoso neurodegenerativo, criado para melhorar a qualidade de vida de pacientes com doença de Alzheimer, usando um M1 compensatório (um agonista do receptor muscarínico) com mecanismo ligante/receptor para melhorar a conectividade da rede cerebral. Os medicamentos da AZTherapies se baseiam em tecnologias desenvolvidas no Hospital Geral de Massachusetts, um Hospital Docente da Escola de Medicina de Harvard.

Contato:
Bill Garofano
1-617-318-3424
bill.garofano@aztherapies.com

Logo -- https://mma.prnewswire.com/media/594208/AZTherapies_Logo.jpg

 

FONTE AZTherapies

Voltar noticias em Português no Mundo