Novo relatório da Fundação GBTA revela falta de serviços de segurança e visibilidade para empresas em seus planos de viagem de negócios

Novo relatório da Fundação GBTA revela falta de serviços de segurança e visibilidade para empresas em seus planos de viagem de negócios

Último estudo mostra o impacto do comportamento do viajante de negócios na hora do agendamento em relação à segurança

PR Newswire

FRANKFURT, Alemanha, 28 de novembro de 2017

FRANKFURT, Alemanha, 28 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- Um novo relatório da Fundação Global Business Travel Association (GBTA), divulgado hoje, mostrou que mais de três quartos dos viajantes de negócios no Reino Unido, Alemanha e França concordam que suas organizações se preocupam com sua segurança enquanto viajam a trabalho. Conduzido em parceria com a Concur, o estudo How Traveller Booking Behaviour Impacts Safety, também descobriu que os serviços de gerenciamento de riscos para apoiar aqueles que viajam a negócios ainda estão longe de serem abrangentes e universais.

Concur

"Durante esses tempos de incerteza global, os líderes empresariais têm a responsabilidade de saber onde estão seus funcionários e mantê-los seguros e informados", disse Scott Torrey, Chief Revenue Officer, Concur. "Um dos resultados mais surpreendentes do estudo é que mais de metade dos viajantes de negócios sabem que não fazer reservas através dos canais da empresa pode afetar sua segurança, mas a maioria ainda faz as reservas por fora. Isso significa que as empresas precisam se concentrar mais na segurança, e acredito firmemente que cuidá-los é uma das coisas mais importantes que uma empresa pode fazer por seus funcionários".

Viajantes de negócios no Reino Unido, Alemanha e França concordam que as organizações se preocupam com sua segurança. Na verdade, a Fundação GBTA descobriu que, em uma emergência ou evento de segurança, os viajantes de negócios esperam que sua empresa entre em contato proativo, com pelo menos dois terços esperando que sua empresa faça isso dentro de duas horas.

No entanto, dois terços dos viajantes de negócios reconhecem que não fazem a reserva através dos canais da empresa e que isso pode afetar sua segurança, tornando mais difícil para sua empresa ou TMC localizar e entrar em contato em caso de emergência. A ironia é que aproximadamente sete em cada 10 viajantes fizeram reservas por fora dos canais da empresa pelo menos uma vez no ano passado, mesmo quando tinham um TMC ou acesso a um OBT.

Isso sugere que as organizações poderiam estar fazendo mais para proteger os funcionários com serviços e tecnologias de gerenciamento de riscos e uma melhor educação sobre os serviços e políticas em uso para apoiar os funcionários que viajam a negócios.

O relatório revelou várias outras tendências de gerenciamento de risco de viagens entre viajantes de negócios do Reino Unido, Alemanha e França.

"Em mais de três anos de acompanhamento de dados de reservas, a maioria dos viajantes de negócios que teve acesso a um OBT diz, de forma consistente, que reservou diretamente com um fornecedor ou com uma OTA no ano passado, o que significa que sua empresa pode não ter tido acesso aos dados de sua viagem", disse Monica Sanchez, diretora de pesquisa da Fundação GBTA. "Dados de reserva faltantes ou incompletos podem dificultar muito a capacidade de uma empresa de cuidar de seus viajantes, pois isso tem um papel fundamental no dever de cuidá-los - pois possibilita praticamente todas as funções de gerenciamento de risco que as empresas executam".

Em resposta aos crescentes desafios de gerenciamento de risco de viagens, a Concur apresentou o Concur Locate e o Active Monitoring no início deste ano. Concur Locate with Active Monitoring, criada pela Healix, é a primeira solução integrada de gestão de riscos para viajantes, desenhada a partir do conjunto de dados mais abrangente do setor, incluindo dados de viagens e despesas, reserva de roteiros capturados diretamente através do TripLink e TripIt e e-receipts do fornecedor. Empresas de todos os tamanhos podem se beneficiar de monitoramento 24/7, suporte de comunicação e assistência ao viajante, sem a infraestrutura ou a quantidade de pessoas associadas a um centro global de operações de segurança.

O anúncio de hoje aconteceu durante a Conferência GBTA 2017 em Frankfurt. Os participantes podem conhecer mais sobre os resultados do estudo na conferência que acontecerá quinta-feira, 30 de novembro, às 9:00 da manhã CET. Os participantes também podem conhecer mais o Concur Locate e Active Monitoring no stand n.º 28.

O estudo How Traveller Booking Behaviour Impacts Safety entrevistou 735 viajantes de negócios no Reino Unido, Alemanha e França entre setembro e outubro de 2017. Para mais informações sobre resultados e metodologia, o relatório está disponível para download aqui.

Sobre a Concur
Durante mais de duas décadas, a Concur, uma empresa SAP, ajudou empresas de todos os tamanhos e etapas a avançar na automação chegando a uma solução de gerenciamento de gastos completamente conectada que abrange viagens, despesas, faturas, conformidade e risco. A experiência global da Concur e a inovação que a tornou líder do setor mantêm seus clientes um passo à frente com ferramentas de economia de tempo, tecnologia de ponta e dados conectados, em um ecossistema dinâmico de diversos parceiros e aplicativos. Fácil de usar e pronta para negócios, a Concur desbloqueia conhecimentos poderosos que ajudam as empresas a reduzir a complexidade e a ver gastos com clareza, para que possam gerenciá-los de forma proativa. Saiba mais em concur.com ou no blog Concur .

Contato:

Katharine Kemp
Katharine.Kemp@concur.com 
+1.425.590.5377

Laurel Cifala
Laurel.Cifala@Edelman.com 
+1.206.268.2229

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/609695/Concur_Logo.jpg

FONTE Concur

Voltar noticias em Português no Mundo