A carreira de Junior, grande empresário dono de várias marcas importantes do Brasil e fundador da Hypermarcas

A carreira de Junior, grande empresário dono de várias marcas importantes do Brasil e fundador da Hypermarcas

PR Newswire

BRASÍLIA, Brasil, 8 de dezembro de 2017

BRASÍLIA, Brasil, 8 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- Você nem imagina, mas certamente já comprou vários produtos do empresário João Alves de Queiroz Filho, ou Júnior, como é conhecido, um goiano dono de algumas das marcas mais consumidas no país: da lã de aço Assolan ao calmante Maracugina, passando pelo Merthiolate aos hidratantes Monange e ao adoçante Zero-Cal.

O segredo desse império, avaliado em mais de R$ 2,5 bilhões, tem nome: chama-se Hypermarcas, empresa que começou com a distribuidora de Sal Cometa, fundada pelo pai de João Alves de Queiroz Filho, o Júnior, em 1969. Da distribuidora, nasceria a Arisco, cuja receita do tempero (à base de sal, pimenta-do-reino, alho e cebolinha) foi dada à família Queiroz em pagamento de uma dívida nos anos 1970.

Mas é Júnior o responsável por transformar a fabricante de tempero numa marca que despertou o interesse da Best Foods - então dona das Refinações de Milho Brasil e incorporada à Unilever -, que a comprou em 2000 por US$ 490 milhões. Ao tempero foram acrescentados investimentos em mídia, com Xuxa e Rubens Barrichello como garotos-propaganda. 

Com a venda da Arisco para a Best Foods, a grande expectativa no mercado era saber qual seria a nova empreitada de Júnior. Em 2002, houve a recompra da Prátika Industrial, dona da até então desconhecida Assolan, que pertencia à Arisco. Estima-se que a Assolan tenha 30% do segmento que já foi hegemonia da Bombril.

Em 2007, Junior comprou a DM Farmacêutica, por cerca de US$ 750 milhões, operação que resultou na atual expressiva atuação no segmento de medicamentos OTC (over the counter, ou "sobre a bancada", isentos de prescrição médica).

A diversificada carteira de negócios inclui ainda o segmento de mídia - no qual detém o grupo de rádio e TV goiano Serra Dourada. João Alves de Queiroz Filho, ou Júnior, também é acionista do UOL. Comprou quatro retransmissoras do SBT no Paraná - e de construção civil, por meio da incorporadora de imóveis Bramex.

Em 2010, a Hypermarcas adquiriu a empresa de fraldas de baixo custo Sapeka, ano em que a economia brasileira cresceu 7,5% e quando se esperava um forte crescimento do mercado nordestino. O negócio somou R$ 225 milhões. Em 2011, a empresa começou a se desfazer de marcas de limpeza, mas o maior movimento, porém, ocorreu entre 2015 e 2016, com as vendas das marcas de higiene e beleza e da própria Sapeka.

Assessoria: Standard Comunicação
Contato: (21) 9.7263.6617

FONTE Hypermarcas

Voltar noticias em Português no Mundo