UnionPay da China fornece suporte ao desenvolvimento do setor de pagamentos no exterior

UnionPay da China fornece suporte ao desenvolvimento do setor de pagamentos no exterior

PR Newswire

XANGAI, 11 de dezembro de 2017

XANGAI, 11 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- Os padrões técnicos financeiros da China se transformaram em um importante fator impulsionador para o desenvolvimento do setor de pagamentos no exterior. As redes de processamento de pagamentos na Sérvia, Bielorrússia e Tajiquistão estão sendo estabelecidas ou atualizadas de acordo com os padrões da UnionPay. Mais de dez países, entre eles a Albânia, Bulgária e a Tanzânia demonstraram interesse em obter ajuda da UnionPay para estabelecer uma rede de processamento de pagamentos.

"A facilidade de pagamentos e de liquidação é uma condição essencial e uma garantia fundamental para a circulação monetária e para as transações comerciais sem entraves em todo o mundo", disse Shi Wenchao, presidente da China UnionPay. A UnionPay está apoiando o aumento da interconexão dos pagamentos internacionais aumentando o nível de aceitação e a emissão dos seus cartões, promovendo produtos e serviços inovadores e colaborando nos padrões e redes de pagamento para atender aos intercâmbios pessoais entre a China e o resto do mundo.

Por exemplo, mais de 50 países e regiões ao longo da região da iniciativa Cinturão e Estrada aceitam atualmente os cartões UnionPay e emitiram mais de 25 milhões de cartões UnionPay, um número 15 vezes maior em comparação com o que havia antes da proposta da China da iniciativa Cinturão e Estrada. Os cartões UnionPay são aceitos em mais de 4 milhões de estabelecimentos e 400.000 caixas eletrônicos (ATMs) na região, números que representam o triplo e o dobro, respectivamente, em comparação com o que havia antes da proposta da iniciativa Cinturão e Estrada da China. Alguns desses países e regiões já aceitam ou aceitarão em breve, sem qualquer tipo de obstáculo, os cartões UnionPay.

A interconexão da rede de pagamentos na região está aumentando.

Nos últimos anos, a UnionPay aumentou o nível de cooperação comercial para a colaboração de padrões técnicos, participando da criação da infraestrutura para pagamentos nos mercados fora da China continental e com a concessão de licenças para o uso dos padrões para cartões com chip. Os sistemas de processamento de cartões bancários na Tailândia e em Laos, por exemplo, foram criados com base nos padrões da UnionPay. Em julho, a UnionPay fez um acordo com o Banco do Tajiquistão para participar da criação da rede local de pagamentos de cartões bancários. No mesmo mês, a UnionPay fez um acordo com a Belkart para atualizar o sistema de pagamentos na Bielorrússia.

No mês passado, Shi Wenchao assinou um contrato com o presidente do Banco Central da Sérvia para promover a aceitação integral e a emissão em nível local dos cartões UnionPay no país. O acordo inclui também a concessão de licenças para uso dos padrões de chip e a colaboração na inovação dos métodos de pagamento.

Shi Wenchao disse: "A UnionPay desenvolveu de maneira independente a tecnologia, os padrões, sistemas e regulamentos que são amplamente reconhecidos pelo setor de pagamentos globais. A UnionPay está disposta a compartilhar sua experiência para fornecer suporte para que outros países atualizem suas redes de pagamento, aprimorando assim a capacidade dos seus serviços financeiros, fornecendo um valor significativo às nossas instituições parceiras e acelerando também a localização dos negócios da UnionPay".

Além disso, muitos mercados desejam adotar os padrões para cartões com chip da UnionPay. Eles são os padrões oficialmente recomendados para o setor de pagamentos na Tailândia e em Mianmar, e são também os padrões uniformes internacionais para cartões com chip para a Rede Asiática de Pagamento (APN, em inglês). Através das licenças concedidas para o uso dos padrões para chip, a BancNet, rede de processamento nas Filipinas, e a Rintis, rede de processamento de caixas eletrônicos na Indonésia, emitirão cartões com chip em grande escala utilizando os padrões da UnionPay.

A implementação dos produtos inovadores da UnionPay é o novo destaque.

A UnionPay está tendo grandes avanços em termos de aceitação e emissão de cartões nos mercados fora da China. A UnionPay goza de aceitação total nos Estados Árabes Unidos e em quase todos os terminais de pontos de venda e em mais de 70% dos caixas eletrônicos no Paquistão. A cobertura da aceitação da UnionPay no Cazaquistão atingirá a marca de 95% este ano. A UnionPay também será aceita em Montenegro e na Albânia.

O cartão UnionPay torna-se cada vez mais aceito e preferido pelos clientes fora da China. Em Laos, na Mongólia e em Mianmar, a UnionPay é a marca de cartão bancário número 1 em termos de emissão de cartões. No Paquistão, a UnionPay está em segundo lugar como marca de cartão internacional em termos de emissão de cartões. Os cartões UnionPay são emitidos também em todos os dez países da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

Os serviços inovadores de pagamento da UnionPay estão sendo implementados em cada vez mais países e fornecem suporte à inclusão financeira nesses locais. Na Rússia, o QuickPass, serviço móvel da UnionPay, é aceito nos terminais de pontos de venda de mais de 200.000 estabelecimentos. Na Tailândia, os padrões do QR Code da UnionPay se tornarão os padrões recomendados do Banco Central da Tailândia. Esse ano, os clientes de Cingapura poderão utilizar o pagamento com QR Code da UnionPay tanto no país quanto no exterior.

 

FONTE UnionPay International

Voltar noticias em Português no Mundo