Cesar Asfor Rocha elogia digitalização de processos eleitorais

Cesar Asfor Rocha elogia digitalização de processos eleitorais

PR Newswire

BRASÍLIA, Brasil, 22 de dezembro de 2017

BRASÍLIA, Brasil, 22 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- Quando presidiu o Superior Tribunal de Justiça, Cesar Asfor Rocha tomou para si uma missão difícil: converter a papelada de arquivos que se acumulavam pelos corredores da corte em pouco espaçosos bytes. Era o ano de 2008 e a decisão de digitalizar 450 mil processos encontrou resistências entre os ministros do tribunal e os advogados que defendiam causas por lá. O então presidente criou um mutirão de 100 funcionários e conseguiu convencer o Judiciário dos benefícios de transformar os papéis em arquivos virtuais.

"Foi uma ação fundamental para economizar recursos, agilizar processos e julgamentos e tornar a Justiça mais transparente", afirma Cesar Asfor Rocha. Passados quase dez anos da iniciativa, o Judiciário brasileiro ainda acumula papéis. Mas, neste ano, a Justiça Eleitoral deu um passo importante para sair desse retrocesso.

Nesta semana, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, anunciou que foi concluída a implementação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todos os Tribunais Regionais Eleitorais. "Temos um processo eleitoral completamente eletrônico há anos, mas os tribunais ainda estavam engatinhando. Isso é um grande avanço", diz Cesar Asfor Rocha.

Ao todo, foram digitalizados 7 mil processos. No ano passado, as prestações de contas também já haviam começado a ser feitas eletronicamente. Agora, o tribunal trabalha para integrar o sistema de registro de candidaturas ao PJe. Assim, a tramitação dos processos se dará de forma totalmente eletrônica, desde ingresso com o pedido até o julgamento.

Contato:
STANDARD COMUNICACAO
Contato: (21) 9.7263.6617

FONTE Cesar Asfor Rocha

Voltar noticias em Português no Mundo