Segundo estudo da Becomex mais de R$ 9,5 bi do Reintegra aguardam o resgate das empresas

Segundo estudo da Becomex mais de R$ 9,5 bi do Reintegra aguardam o resgate das empresas

Os créditos do Reintegra podem contribuir com redução de custos e aumento do fluxo de caixa nas empresas exportadoras.

PR Newswire

SÃO PAULO, 5 de março de 2018

SÃO PAULO, 5 de março de 2018 /PRNewswire/ -- As empresas exportadoras conhecem muito bem o programa Reintegra, mas algumas razões afastam essas empresas dos mais de R$ 9,5 bilhões acumulados no benefício: erros frente a complexidade do processo e em muitos casos, receio da exposição junto ao Fisco.

Para facilitar esse processo, a Becomex, consultoria especializada na área tributária e operações internacionais, acaba de lançar o e-book: "Não acertei na restituição do Reintegra. E agora?". Disponível para todos os clientes, o manual dá dicas às empresas exportadoras de como acertar na solicitação desse benefício.

Além disso, esse manual do benefício apresenta informações sobre o crédito, ressarcimento e outras questões que envolve o Reintegra Exportação, com o conhecimento da Becomex, que tem 100% de PER's aprovadas pela Receita Federal.

Em vigor desde 2011, o Reintegra é um mecanismo criado pelo governo para devolver uma parcela dos impostos pagos na cadeia produtiva às empresas exportadoras de bens manufaturados no Brasil.

Como sugere o nome, tem por objetivo reintegrar valores referentes a custos tributários residuais existentes nas cadeias de produção. Assim, a pessoa jurídica produtora e exportadora de bens manufaturados no País, poderá reaver parcial ou integralmente o resíduo tributário existente na sua cadeia de produção.

Os créditos têm prazo para resgate. Ao final de cinco anos, o valor volta para o governo se não for solicitado pela empresa exportadora. O ideal é fazer uma apuração correta dos dados com a ajuda de uma parceria que possa garantir uma operação com compliance e com soluções de tecnologia feita sob medida. Um parceiro completo, que concentre o conhecimento tributário aliado à tecnologia. Isso é fundamental para uma solicitação segura, evitando penalidades, já que as inúmeras intimações nos pedidos se devem às divergências de informações.

Estudos apontam que mais da metade das empresas exportadoras no Brasil pagam mais impostos do que deveriam por não aproveitar corretamente os benefícios fiscais e aduaneiros existentes.

Sobre a Becomex: Consultoria especializada na área tributária e operações internacionais. Contato: 11 2364 2199-  www.becomex.com.br

FONTE Becomex

Voltar noticias em Português no Mundo