Índice Global de Finanças Verdes lançado hoje: Europa Central supera em desempenho outras regiões

Índice Global de Finanças Verdes lançado hoje: Europa Central supera em desempenho outras regiões

PR Newswire

BRUXELAS, 14 de março de 2018

BRUXELAS, 14 de março de 2018 /PRNewswire/ -- O novo Índice Global de Finanças Verdes (GGFI -- Global Green Finance Index) foi lançado hoje pela Z/Yen e pela Finance Watch em um evento em Bruxelas. O GGFI classifica os centros financeiros do mundo de acordo com as percepções da qualidade e profundidade de suas ofertas de finanças verdes (green finance).

Nessa edição inaugural (GGFI 1), os centros financeiros na Europa Ocidental superaram em desempenho os de outras regiões. O relatório completo pode ser baixado aqui.

As conclusões do relatório incluem:

Cinco principais centros para 
finanças verdes -- penetração   
Londres
Luxemburgo
Copenhague
Amsterdã
Paris

Cinco principais centros para 
finanças verdes -- qualidade
Londres
Amsterdã
Bruxelas
Hamburgo
Paris

Dr. Simon Zadek, codiretor da Inquirição Ambiental da ONU para o Projeto de um Sistema Financeiro Sustentável, professor visitante e membro sênior de DSM para Parcerias e Sustentabilidade da Universidade de Administração de Cingapura, disse:

"As classificações e índices são instrumentos importantes para viabilizar uma comunicação efetiva de progresso relativo e absoluto, bem como para encorajar uma corrida para o topo e um debate saudável do que constitui sucesso e como ele pode ser mais bem medido. Nesse espírito, a Finance Watch e a Z/Yen nos têm levado a todos para um patamar mais alto, ao nos fornecer o primeiro índice aplicável globalmente dos desenvolvimentos para tornar verdes os centros financeiros do mundo".

Michael Mainelli, presidente-executivo da Z/Yen, disse:

"A essência do GGFI é uma pesquisa de percepção que observa e promove mudanças onde elas mais importam: nas mentes das pessoas. Quanto mais conseguirmos fazer as pessoas falarem sobre uma transição sustentável, mais rapidamente ela irá acontecer. O alto nível de interesse no GGFI 1 é um passo nessa direção".

Benoît Lallemand, secretário geral da Finance Watch, disse:

"O GGFI objetiva contribuir para a definição das finanças verdes e identificar melhores práticas e áreas para aperfeiçoamento. Esperamos que isso irá promover iniciativas corajosas de política e financiamentos de alta qualidade, que possam atravessar o greenwash. É urgente que as finanças sustentáveis se tornem predominantes em todos os centros financeiros".

André Hoffman, presidente da MAVA Fondation pour la Nature, disse:

"Estamos particularmente satisfeitos pelo fato de que centros menores e mais especializados, tais como Hamburgo e São Francisco, e centros financeiros com uma forte estrutura de política sobre finanças verdes, tais como Paris, Luxemburgo e os centros chineses, se posicionaram bem nesse primeiro índice. Esperamos que mais centros irão segui-los para onde eles estão nos levando".

NOTAS

O GGFI é uma iniciativa sem fins lucrativos, produzido pela Finance Watch e pela Z/Yen, com apoio da MAVA Fondation pour la Nature.

O GGFI será atualizado semestralmente, com base em uma pesquisa realizada continuamente em http://survey.greenfinanceindex.net/.

O GGFI 1 foi lançado no Hotel Leopold, Rue de Luxembourg, Bruxelas, às 12h (CET), em 14 de março de 2018.

Mais informações em http://www.greenfinanceindex.net.

Para obter mais informações ou entrevistar alguém da equipe, contate:

Mike Wardle, Z/Yen
Email: mike_wardle@zyen.com
Tel: +44(0)20-7562-9562

Greg Ford, Finance Watch
Email: greg.ford.ext@finance-watch.org
Tel: +44(0)7703-219-222

 

FONTE Finance Watch

Voltar noticias em Português no Mundo