ofo no SXSW: Tornando o mundo mais verde com bicicletas amarelas compartilhadas

ofo no SXSW: Tornando o mundo mais verde com bicicletas amarelas compartilhadas

PR Newswire

AUSTIN, Texas, 22 de março de 2018

AUSTIN, Texas, 22 de março de 2018 /PRNewswire/ -- Desde o lançamento inicial da ofo nos Estados Unidos em Seattle em agosto de 2017, a empresa se expandiu para várias regiões nos Estados Unidos, incluindo Califórnia, Massachusetts e Texas.

Chris Taylor, Chefe da ofo para a América do Norte, falou recentemente no evento SXSW de 2018, no painel Histórias inesperadas escritas pele Internet móvel. Taylor compartilhou a história da ofo em Dallas, Texas. Dallas era uma cidade automobilística típica, com áreas residenciais espalhadas por toda a cidade. Mesmo assim, uma cultura única de andar de bicicleta emergiu depois que o serviço da ofo foi lançado. Os engarrafamentos no trânsito também foram aliviados. O número de bicicletas amarelas da ofo em Dallas aumenta a cada semana e Dallas se tornou uma das cidades dos Estados Unidos com o crescimento mais rápido do compartilhamento de bicicletas.

A expansão internacional da ofo, a primeira e a maior plataforma de compartilhamento de bicicletas sem estação, começou em 2016 quando seu CEO Dai Wei, decidiu levar as bicicletas amarelas da China para grandes cidades em todo o mundo. A ofo conectou mais de 120.000 bicicletas em mais de 70 cidades fora da China e forneceu mais de 25 milhões de passeios até agora. Os usuários da ofo viajaram 11.747 bilhões de quilômetros em 2017, poupando 590.000 toneladas de gasolina e reduzindo a emissão de carbono em 2.59 milhões de toneladas.

Visando promover este novo modelo de transporte, as principais prioridades da ofo ao entrar em uma cidade são pesquisar as políticas e regulamentos locais, se comunicar com o governo local e estudar o mercado, para identificar os pontos ideais para implementação. A ofo também colabora com as associações de ciclismo para se envolver com as comunidades locais.

A ofo ajusta os projetos de sua bicicleta de acordo com os diferentes mercados. Marchas e quadros diferentes são instalados com base nas preferências dos usuários e na topografia de cada cidade. O serviço é operado por pessoas locais, o que tem gerado uma quantidade considerável de empregos.

Espera-se que o compartilhamento de bicicletas continue crescendo no futuro. De acordo com a análise do Cheetah Lab, o número de usuários em todo o mundo atingirá 306 milhões até 2019. O número de usuários fora da China pode crescer de 5 a 10 vezes nos próximos dois anos. A demanda global por bicicletas atingirá 110 milhões e os ciclistas representarão 15% da população mundial, mais de 1.1 bilhão de pessoas.

Dai Wei, co-fundador e CEO da ofo, disse na APEC 2017 que no futuro a ofo espera fornecer o serviço para 2 bilhões de pessoas em todo o mundo. A ofo, entre várias outras operadoras, liderará a popularização deste revolucionário meio de transporte.

FONTE ofo

Voltar noticias em Português no Mundo